Labels

SUPPORT JULIAN ASSANGE

Wednesday, September 12, 2012

Portuguese – parte 1/4 - Gradual vs. Repentino - Pontos de Vista sobre a Ascensão




Gradual vs. Repentino – Pontos de Vista sobre a Ascensão - Parte 1 – Matthew Ward - 2 de Setembro de 2012

Publicado por Steve Beckow: 



Alguns leitores questionaram sobre o que parece ser uma desconexão entre os pontos de vista de Matthew Ward e os de outros, tais como SaLuSa e o Arcanjo Miguel, sobre o que se espera que ocorra a 21 de Dezembro de 2012.

Em resposta, devo referir que não apenas há diferenças entre esses três, mas também as há entre esses três e muitos outros, para quem a mudança planetária não ocorrerá antes de muitos anos depois de 2012.

Não vou examinar aqueles que dizem que a Ascensão não terá lugar antes de 2016 ou 2050, a cujas versões não dou a minha preferência. Restrinjo a minha atenção àqueles que vêem o processo de Ascensão a começar ou a culminar em 21 de Dezembro ou em datas próximas.

Os pontos de vista destes dois grupos podem ser caracterizados como “gradual” versus “repentino”.

O que proponho fazer nesta série de artigos é apresentar hoje o ponto de vista “gradual” de Matthew, e depois o ponto de vista do grupo “repentino” em outros dias próximos.

Matthew disse em Fevereiro de 2009 que, nos finais de 2012, toda a escuridão teria partido do planeta. A minha própria percepção é que essa entrada na Quarta Dimensão trará esse fim de toda a escuridão.

“A Ascensão da Terra – o processo para a transformação do mundo e para a renovação espiritual que permita a sua elevação para fora da terceira densidade e continuação para a Era Dourada – já está em curso há cerca de setenta anos de tempo linear; e por volta do final de 2012 do vosso calendário, a escuridão que proliferou durante milénios terá desaparecido em todas as suas formas viciosas” (1)

Ele disse em Setembro do mesmo ano que a chegada de 21 de Dezembro não é um evento final, que de algum modo terminaria definitivamente o processo de mudança e evolução.

“A chegada da popular data de 21 de Dezembro de 2012 não significa que a Humanidade da Terra terá entrado numa era de complacente estabilidade. A única constante do Universo é a mudança! Não apenas desenvolvimentos maravilhosos continuarão em todos os aspectos do vosso mundo, mas também nos domínios espiritual e intelectual vocês continuarão a crescer através de inúmeras vidas físicas, algumas delas em mundos onde a vida excederá até as glórias da Era Dourada da Terra.” (2) 

Esta é uma afirmação padrão sobre o processo de evolução espiritual. De facto, nós progrediremos através de dimensões cada vez mais altas do crescimento espiritual na nossa viagem de regresso até Deus. (3)

Em 14 de Fevereiro de 2010, ele disse que as pessoas não vão desaparecer dos seus próprios cronogramas em 21 de Dezembro. Esta afirmação não coincide com o que diz o Arcanjo Miguel que, como veremos, sugere que aqueles que ascendem desaparecerão de facto da Terceira Dimensão. (Veremos isso numa parte posterior desta série). Tratarei de continuar com a maneira como Matthew fala do assunto.

 “Não acontecerá nem no dia 21 de Dezembro de 2012, nem em qualquer outra data, que estejam entre duas pessoas e que, perante os vossos olhos, elas desapareçam indo para os seus próprios “cronogramas”. Até mesmo a data habitual de 31 de Dezembro de 2012 será parecida com os dias precedentes e seguintes – isto é, com excepção para as celebrações de Ano Novo. As diferenças entre a vida neste momento e na Era Dourada serão surpreendentes e magníficas, mas a vida não será drasticamente diferente de um dia para o outro enquanto a Terra continua a sua jornada através da quarta densidade e em direcção à quinta.” (4)


Isto pode considerar-se como uma declaração do ponto de vista gradual da Ascensão: “Até a data habitual de 31 de Dezembro de 2012 será parecida com os dias precedentes e seguintes … A vida não será drasticamente diferente de um dia para o outro enquanto a Terra continua a sua jornada através da quarta densidade e em direcção à quinta.”

Matthew continua, afirmando:

“Compreensivelmente, há uma grande especulação sobre o que acontecerá e a quem no final de 2012. Não há uma resposta definitiva, porque o que acontece a cada alma estará de acordo com a singularidade de cada uma.” (5)

As sementes de estrelas podem certamente apreciar este comentário, já que muitos de nós caímos de dimensões superiores à Quarta e à Quinta, e podemos regressar a elas depois que comece ou se complete o processo de Ascensão – dependendo do ponto de vista que prefiram. Mas, de igual modo, algumas almas retrocederão para dimensões mais baixas, tal como diz Matthew aqui:

“Haverá almas cujas opções de vida as levarão automaticamente para vivências de primeira ou segunda densidade; e no outro extremo do espectro estão as almas vindas da quarta, quinta ou de outras densidades mais altas, especificamente para ajudar a Terra na sua Ascensão – quando a sua missão estiver cumprida, regressarão às suas origens.” (6)


Em seguida ele alinha com a opinião de que não existirá a presença da uma Terra que continue na Terceira Dimensão, ou Terceira Densidade, como ele prefere chamar-lhe. Ele refere-se a isso como a “teoria das duas Terras”.

“Contudo, podemos afirmar com certeza que é errada a teoria de um corpo celestial aparecendo como uma “segunda Terra” e tornando-se o abrigo de terceira densidade para almas que fisicamente não acompanharam a “primeira Terra” para a quarta densidade. Vocês são uma alma num corpo humano. A Terra é uma alma num corpo planetário.

 “A alma da Terra permaneceu na sua quinta densidade de origem enquanto o seu corpo caiu em espiral para a profundidade da terceira densidade durante os milénios em que os seus residentes humanos derramavam o sangue uns dos outros, massacravam os seus animais e danificavam seriamente o seu corpo (da Terra). Ela poderia ter optado por deixar morrer o seu corpo agredido, mas em vez disso escolheu restaurar a sua saúde de modo a que todas as inúmeras formas de vida nela residentes pudessem continuar.

“Por outro lado, a teoria das “duas Terras” convém apenas às pessoas cujas escolhas de vida as colocariam num mundo diferente de terceira densidade.” (7)


Foi assim que Matthew afirmou o seu ponto de vista anterior, apresentado na sua mensagem de 1 de Setembro de 2012. Vejamos o que ele diz nesta publicação.

Primeiro ele afirma que efectivamente viajaremos através de uma “janela celestial” nos finais de 2012 e princípios de 2013. Essa janela levar-nos-á ao que ele chama a “quarta densidade”.

“Durante os seus últimos dias e os primeiros dias de 2013, o planeta viajará através da janela celestial entre a terceira e a quarta densidades, em que um pouco das energias das duas densidades se misturam brevemente, e entrará então na quarta densidade, onde começa a Era Dourada da Terra”. (8)


Esta entrada na Quarta Densidade, para usar as suas palavras, marca o início da Era Dourada, na perspectiva de Matthew.

“Mas esse marco glorioso não é o fim da sua jornada. A Ascensão continuará até que o planeta esteja seguramente dentro da quinta densidade, onde Gaia teve a sua origem na Antiguidade e onde formou o seu corpo planetário. Após tempos infinitos de permanência nas baixas densidades, que estavam na mesma proporção das consciências colectivas de sucessivas civilizações, o corpo de Gaia terá regressado a casa.” (9)


Por fim vem a passagem que penso ter deixado perplexos muitos leitores. Matthew começa por dizer que “A saída da Terra da terceira densidade será anunciada através de todo o Universo iluminado!”

Contudo, ele acrescenta:

“… o facto de saberem que este processo continuará por muitos anos permitirá evitar o desalento àqueles que esperam a ocorrência de um evento dramático em 21 de Dezembro. Quando nada acontece de proporções dinâmicas nesse dia ou em qualquer outro desse período, que triste seria se aqueles que estão a contar com algo de espectacular ficassem tão deprimidos que decidissem, a nível da alma, juntar-se a outros que também decidiram não permanecer no planeta por diversas razões.” (10)


Assim, e em primeiro lugar, Matthew não disse aqui nada de diferente do que tinha dito antes. Ele oferece uma visão gradual da Ascensão, que ele vê como um processo em que não haverá nada “de proporções dinâmicas” a acontecer em 21 de Dezembro, nem “eventos dramáticos”, nem partidas súbitas de pessoas para outros cronogramas, etc.

Não é que Matthew não use a palavra “Ascensão”. Ele usa-a. É mais que ele não apoia a noção de que uma Ascensão repentina para a Quinta Dimensão vá ocorrer numa data específica, como declara aqui, em 22 de Agosto de 2004:

“ Uma data não é o assunto aqui – são as vibrações a entrar e a incrementar a paz na ascensão da Terra até à plenitude da quarta densidade que são de grande significado e de interesse consumado.” (11)

Assim, a visão esperançosa de Matthew foi clara e substancialmente afirmada aqui: uma Ascensão gradual para a quarta densidade, começando com a viagem através da janela celestial que se abre no final de 2012 e continua até que alcancemos uma presença assegurada na quinta densidade, mas continuando sempre até que regressemos ao Criador.

Vou agora compilar o material para apresentar a alternativa, o ponto de vista “repentino” da Ascensão. No fim, o ponto de vista que preferem, será da conta de cada um.


 Notas de rodapé:
(1) Mensagem de Matthew, Fev. 7, 2009, em http://www.matthewbooks.com/mattsmessage.htm
(2) Mensagem de Matthew, Set. 21, 2009.
(3) Ver “Spiritual Evolution: The Divine Plan for Life”, em http://the2012scenario.com/spiritual-essays/the-divine-plan-for-life/spiritual-evolution-the-divine-plan-for-life-2/ e “The Divine Plan for Life is Spiritual Evolution”, em http://the2012scenario.com/spiritual-essays/the-divine-plan-for-life/the-divine-plan-for-life-is-spiritual-evolution/
(4) Mensagem de Matthew, Fev. 14, 2010.
(5) Loc. cit.
(6) Loc. cit.
(7) Loc. cit.
(8) Mensagem de Matthew, Set. 1, 2012.
(9) Loc. cit.
(10) Loc. cit.
(11) Mensagem de Matthew, Ago. 22, 2004.

2 de Setembro de 2012
Publicado por Steve Beckow


Tradução: Maria Alpinda
Post a Comment

assange



At midday on Friday 5 February, 2016 Julian Assange, John Jones QC, Melinda Taylor, Jennifer Robinson and Baltasar Garzon will be speaking at a press conference at the Frontline Club on the decision made by the UN Working Group on Arbitrary Detention on the Assange case.

xmas





the way we live

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

RC



info@exopoliticsportugal.com

BJ 2 FEV


http://benjaminfulfordtranslations.blogspot.pt/


UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00h UTC


By choosing to educate ourselves and to spread the word, we can and will build a brighter future.

bj


Report 26:01:2015

BRAZILIAN

CHINESE

CROATIAN

CZECK

ENGLISH

FRENCH

GREEK

GERMAN

ITALIAN

JAPANESE

PORTUGUESE

SPANISH

UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT


BENJAMIN FULFORD -- jan 19





UPDATES ON THURSDAY MORNINGS

AT 08:00 H GMT

PressTV News Videos